Skip to content

IPTU 2020 – Tudo que você precisa saber!





Chegou o ano novo e com ele as obrigações de pagamento de impostos, como por exemplo, o IPTU 2020. O Imposto Predial Territorial Urbano, é um imposto municipal, que pode ser pago de uma única vez, com descontos que variam entre 5% a 16%.

Quem não pode pagar a Cota Única, perde o desconto, mas pode parcelar em mais de 10 vezes. A fórmula do cálculo do IPTU 2020 é bem simples!

É um percentual aplicado sobre o Valor Venal do imóvel. Como o IPTU é um imposto municipal, esse percentual pode variar de acordo com cada município, e por isso temos percentuais diferentes pelo Brasil afora. Cada cidade define seu percentual baseado em critérios locais.

O Valor Venal de um imóvel, é um valor arbitrado pelo estado ao metro quadrado, com o objetivo de definir uma base de cálculo para impostos, processos judiciais ou administrativos.




É levado em consideração o tamanho do imóvel, localização, tipo de construção e se é usado para fins residenciais ou fins comerciais.

Portanto, o valor da guia de IPTU 2020 vai variar de município para município, bem como se o contribuinte terá isenção de IPTU 2020 ou não.

A seguir iremos abordar este tema através de tópicos para que o entendimento seja o mais claro e didático possível:

Qual o valor do IPTU 2020?

iptu 2020
Guia do IPTU – Tudo que você precisa saber!

Para sabermos o valor final do IPTU 2020, devemos considerar algumas variáveis dentro deste cálculo e achar o Valor Venal atribuído ao imóvel:

  • Tamanho da área em metros quadrados;
  • Tamanho da área construída;
  • Valor atribuído pelo metro quadrado conforme planta de valores do município;
  • Idade do imóvel desde sua primeira habitação, reforma ou ampliação;
  • Localização do imóvel em relação a sua posição na rua ou avenida;
  • Se este imóvel é destinado para: residência, recreativo, esportivo, hospitalar, comercial, industrial, cultos ou de serviços;





Após a definição destas variáveis, é encontrado o valor venal do imóvel, e sobre este valor é aplicado um percentual, que é definido por cada prefeitura municipal do país.

Porém, se o valor  atribuído pelo cálculo da prefeitura for maior que o valor comercial, ou seja, o valor de venda no mercado imobiliário, o proprietário pode solicitar na Prefeitura do seu município uma revisão administrativa do valor venal. Caso esta revisão não seja realizada, o melhor caminho será o judiciário.

Portanto, fique ligado para quando vence o IPTU 2020 para não perder o prazo do pagamento. E se o carnê não chegar via correio, é muito fácil solicitar a segunda via IPTU 2020 pela internet.




Basta acessar o site de sua prefeitura com o número da inscrição no IPTU, por exemplo:

Este é o site da Prefeitura SP:

  • https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/fazenda/servicos/iptu/

Prefeitura de Belo Horizonte:

  • https://prefeitura.pbh.gov.br/fazenda/iptu

O IPTU 2020 terá aumento?

Os valores a serem cobrados referentes ao IPTU 2020, é de responsabilidade de cada prefeitura, já que este imposto é municipal. De uma forma geral, todos os anos esse imposto tem um aumento que varia de 1,5 a 10%.



Nas principais cidades brasileiras, teremos um reajuste, conforme a seguir:

  • Recife – A partir de 2,5%;
  • Belo Horizonte – A partir de 3,91%
  • São Paulo – A partir de 3,5%
  • João Pessoa e Campina Grande – 3,27%
  • Divinópolis, em Minas Gerais – A partir de 7%
  • Sorocaba – A partir de 2,7%;
  • Joinville – A partir de 2,89%

O critério para aplicar o reajuste nos municípios do aumento de IPTU 2020, foi a inflação dos últimos 12 meses, baseado em indicadores, como o INPC – Índice Nacional de Preços ao Consumidor e o IPCA – Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

guia de iptu

Como ter isenção na Guia do IPTU em 2020?

Como o IPTU é uma lei municipal, cada cidade decide o reajuste a ser aplicado anualmente, percentual de desconto para quem paga a cota única e principalmente as classes que devem ficar isentos deste imposto. Portanto, o valor de IPTU 2020 e a isenção, irão variar de município para município.

Um bom exemplo disso, é a cidade de São Paulo, onde uma lei municipal de número 11.614 de 1994, prevê isenção de IPTU para:

  • Aposentados, pensionistas e beneficiários de renda mensal vitalícia, limitada até 3 salários mínimos e não tenha outro imóvel no município, desde que faça um requerimento anual, solicitando a isenção;
  • As associações de bairros e desportivas, desde que o imóvel seja usado exclusivamente para este fim;
  • Imóveis usados para fins educacionais, desde que cedido ao município em regime de comodato;
  • Imóveis usados por ex-combatentes de guerra ou por dependentes desses;
  • Imóveis restaurados ou de valor artístico, cultural e paisagístico;
  • Imóveis com revestimento de vegetação arbórea permanente;

Portanto, a isenção do pagamento do IPTU 2020 é uma regra definida em Lei, de cada prefeitura municipal das cidades.

Para saber quais isenções a prefeitura de sua cidade oferece, você deve se dirigir ao órgão competente e verificar.

Onde retirar o IPTU do próximo ano para pagar?

Se você não recebeu em sua residência o boleto de pagamento deste imposto e quer obter o carnê do IPTU 2020 segunda via, basta você se dirigir ao órgão arrecadador de impostos de sua prefeitura, a Secretaria Municipal da Fazenda e solicitar.

Outra opção é imprimir via internet e para isso você deve ter em mãos o número de sua inscrição junto a prefeitura de sua cidade, acessar o site e buscar pela aba IPTU 2020.

Espero que este artigo tenha ajudado você a entender melhor o que é o imposto IPTU, como pagar a cota única ou pagar parcelado.

Não perca tempo! Entre agora e aproveite o conteúdo de nosso blog Consulta IPTU e veja outros artigos.

Veja o Vídeo: